terça-feira, 20 de dezembro de 2016

'Hooligans' montam time, rivais ficam com medo e liderança vem com 11 WOs

O futebol português vive um problema sem precedentes em suas divisões de acesso. Na quarta divisão nacional, a frase "ou joga por amor, ou joga por terror" ganhou um novo sentido quando se trata do Canelas 2010, equipe que lidera a divisão de Porto, candidatando-se para uma vaga na terceira divisão do país.

Em 17 jogos até o momento, são 16 vitórias e apenas um empate. Os últimos 11 triunfos, no entanto, chamam atenção por terem sido vencidos pelo placar de 3 a 0. Isso acontece por que 12 de seus 13 rivais preferiram pagar a multa de 750 euros (R$ 2,6 mil) e perder de WO, evitando ter que enfrentar uma equipe que conta com diversos diretores da Super Dragões, a principal torcida organizada do FC Porto.



O último compromisso deveria ter acontecido no domingo, contra o SC Rio Tinto, que preferiu não entrar em campo, apesar de ser o mandante da partida. A discussão deixa a esfera esportiva e gera um grande debate para encontrar uma solução, já que não faltam vídeos na internet "provando" que o clima dos confrontos com o Canelas 2010 é de violência e terror.

"Sofremos ameaças, os árbitros estavam intimidados e não escreveram as sumulas com o que aconteceu. Como nada chega aos comitês, ninguém age", disse Manuel Gomes, presidente do Grijó, um dos adversários do Canelas, em entrevista ao jornal El País.

Com apenas cinco anos de existência, a equipe segue com facilidade para classificar-se para o play-off de acesso ao torneio da terceira divisão, o Campeonato de Portugal. Confirmando este acesso, o Canelas 2010 teria o direito de disputar a Copa de Portugal e entraria de vez no mundo do futebol profissional do país.

O primeiro dos quatro torcedores a chegar à equipe foi Fernando Madureira, que carrega a braçadeira de capitão do time e também dirige a Super Dragões. Aos 41 anos, Macaco, como é conhecido, teve fama de goleador em categorias de base, mas afirmou que não poderia ser profissional e, desta forma, "perder jogos do Porto", optando por ficar com a torcida.

Fonte:ESPN Brasil

0 comentários:

Postar um comentário