segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Suárez recebe prêmio e diz: "Queria a canhota de Messi e alegria de Neymar"

Artilheiro do Barcelona na atual temporada, Luis Suárez pode não ter ficado entre os três melhores do mundo na Bola de Ouro, mas colheu frutos pelo desempenho em 2014/15. O uruguaio recebeu nesta segunda-feira o troféu de melhor jogador íberoamericano (ou seja, entre América Latina, Portugal, Espanha e Andorra) da temporada passada, concedido pela agência de notícias Efe.

Após o evento, o astro concedeu uma entrevista à agência e falou sobre diversos temas - principalmente sua relação com Messi e Neymar dentro e fora de campo. Suárez afirmou que a boa relação não existe apenas dentro do trio MSN, mas em todo o vestiário do Barcelona e que tudo sai naturalmente em campo. Questionado sobre o que inveja nos companheiros de ataque, o uruguaio disse:

- Gostaria de ter a canhota de Leo, que é única no mundo, admirável, e a arrancada, a pegada e a alegria de Neymar - apontou, completando. - Eu não sou como Leo e não posso passar por três, quatro, cinco jogadores, como ele faz. Não vou dar uma arrancada de não sei quantos metros e ganhar em velocidade como faz Neymar. Sei qual é minha forma de jogar e o que posso dar ao time.

Suárez citou como se tornou fã do Barcelona, quando assistia ao time de Guardiola conquistar troféus, e também lembrou de sua origem humilde no Uruguai, dizendo que o sofrimento do passado o ajuda a lutar mais dentro de campo. 

- Quando alguém vem de um passado de carência econômica e com dificuldade para conseguir as coisas, sempre dá muito mais valor a elas e sempre tem esforço máximo. A maioria dos jogadores de hoje em dia sofreu, lutou muito para chegar onde está, e por isso aproveita ao máximo cada jogo, cada situação que acontece, cada possibilidade de ganhar um título, porque sofreu muito desde criança.

Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário