terça-feira, 6 de outubro de 2015

Chelsea reconhece má fase, mas vai a público manifestar apoio a Mourinho

Em uma fase complicada neste início de temporada, o Chelsea precisou divulgar um comunicado nesta segunda-feira para tornar público o seu apoio ao treinador José Mourinho. Após a derrota de sábado para o Southhampton dentro de Stamford Bridge, a quarta do clube em oito jogos na Premier League, a imprensa inglesa começou a especular uma possível troca no comando técnico dos Blues. Algo que não está na cabeça da direção, que reconhece que os resultados estão bem longe do esperado.

- O clube quer deixar claro que o José (Mourinho) continua com o nosso apoio. Como o José disse, os resultados não foram bons o suficiente e a performance da equipe precisa melhorar. No entanto, acreditamos que temos o treinador certo para virar esse jogo e que ele tem elenco para fazer isso - se pronunciou o clube, através do comunicado.

O treinador falou muito após a derrota de sábado para o Southampton. O que era para ser uma entrevista se transformou num monólogo de sete minutos. Diante do microfone da TV “Sky Sports”, o técnico português mais uma vez inflou o seu ego: disse que não abandonará o barco neste momento delicado (os Blues estão em 16º após oito rodadas) e até prometeu classificação para a Liga dos Campeões.

- Se eles me demitirem, vão demitir o maior treinador que esse clube já teve. Esse é um momento crucial na história deste clube. Eu sei o que as pessoas estão pensando, mas isso não vai acontecer. Eu não vou fugir. Eu não fujo das minhas responsabilidades. Se o clube quiser me demitir vai ter de fazer isso. Para ser campeão obviamente é muito difícil por causa da distância (10 pontos para o líder Manchester City), mas estou mais do que convencido de que vamos terminar no G-4. Quando a temporada é tão ruim e você termina entre os quatro melhores, está ok.

Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário