quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Xavi revela que Guardiola o impediu de trocar o Barça pelo Bayern

Pep Guardiola impediu que Xavi Hernández deixasse o Barcelona e se transferisse para o Bayern Munique, em 2008. A revelação foi feita pelo próprio meio-campista, de 35 anos, atualmente no Al-Sadd, do Qatar, em entrevista ao jornal "Marca", da Espanha. Xavi contou que naquela temporada, o Barça estava passando por um mau momento e os bávaros quiseram contratá-lo. No entanto, o atual técnico do Bayern, que estava chegando ao clube catalão para iniciar uma trajetória de muitas conquistas, pediu para que ele permanecesse no Camp Nou.

- Durante o Europeu de 2008 soube que o Barça queria me vender. O Real Madrid ganhava e nós, nada. Fui para a seleção com a consciência de que se surgisse uma boa oferta, seria vendido. Falei com o meu agente, Iván Corretja, e ele disse-me que havia uma proposta do Bayern. Rummenigge (diretor do Bayern) queria levar-me para Munique. No entanto, o Barcelona contratou Guardiola e eu fiz um grande Europeu. Pep disse-me para não sair, que não imaginava a equipa sem mim. Seduziu-me - afirmou Xavi Hernández, além de ter sido treinado por Guardiola, chegou a jogar com o atual técnico do Bayern nos tempo em que este ainda era jogador do Barça.

Na mesma entrevista, Xavi fez elogios ainda a Louis van Gaal, seu ex-treinador no Barcelona no início de carreira. O holandês, visto como um dos mais polêmicos da futebolna atualidade atual, pelos inúmeros desentendimentos com seus jogadores, é tido pelo meio-campista espanhol como determinante para a sua carreira.

- Nunca esquecerei Van Gaal em toda a minha vida, mas irei recordá-lo sempre pelas boas razões. Ele é uma pessoa frontal, num dia é capaz de te enterrar e humilhar em frente aos teus colegas e no outro dizer que és o Zidane. Ele é assim e, a seu tempo, isto tem efeitos positivos - disse Xavi.

Sob o comando de Van Gaal, Xavi chegou a ser mandado para o time B do Barcelona, fato que, segundo o meio-campista, era importante para os jogadores, algo que não tem acontecido e atualmente e é criticado por ele.

- Com ele passei de jogar frente ao Manchester United a jogar na terceira divisão, com o Alcoyano, quando ele me relegou para a equipa B. É algo que se perdeu hoje em dia, pois agora assume-se que o lugar na primeira equipe está garantido, o que está errado. Um jovem de 18 anos precisa é de jogar - recordou o meio-campista.

Fonte:LanceNET

0 comentários:

Postar um comentário