sábado, 12 de setembro de 2015

Suíços estudam implementar "lei Fifa" na luta contra a corrupção no esporte

Parlamentares suíços estudam impor novas leis que facilitam a vida das autoridades na hora de reprimir as entidades esportivas no país, entre elas a Fifa. Ativistas vêm pressionando os políticos locais para que organismos como a federação que comanda o futebol no mundo estejam dentro de uma regulamentação mais rígida. As informações são da agência “Reuters”.

As novas regras permitiriam, por exemplo, que autoridades suíças investiguem suspeitas de corrupção privada sem uma queixa oficial. Antes, alguns legisladores reclamaram que o projeto de lei tinha sido suavizado por permitir isenções nos casos em que o interesse público não está ameaçado. Além disso, ainda haveria uma necessidade de apresentar queixa às autoridades em "casos leves" de corrupção.

O projeto, apelidado de "lei Fifa", já foi aprovado no Senado, e a votação final sobre será realizada no dia 25 de setembro. Aprovada, deverá entrar em vigor em 2016. As autoridades suíças investigam neste momento o processo pelo qual a Fifa concedeu as Copas do Mundo de 2018 e 2022 à Rússia e ao Catar, respectivamente. 

Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário