quinta-feira, 30 de julho de 2015

"Nunca consegui me desprender do Atlético", diz Filipe Luís no retorno

Quando terminar sua carreira, Filipe Luís certamente verá o Chelsea apenas como um estágio passageiro em sua longa passagem pelo Atlético de Madrid. Em sua apresentação oficial como reforço do clube espanhol, o lateral da seleção brasileira revelou que nunca conseguiu deixar seu coração longe de Madri e que não hesitou ao saber da possibilidade de voltar à equipe, onde atuou entre 2010 e 2014, antes de ser comprado pelos Blues.

- Quando saí, tomei a decisão de ter uma experiência nova. Sabia que seria difícil, porque ia deixar uma família, um vestiário de amigos. E isso me custou, pois nunca conseguiu me desprender do Atlético, nunca me separei do time. Estava muito adaptado ao Vicente Calderón e tinha que começar tudo de novo - disse Filipe.



O brasileiro, porém, foi vitorioso em sua curta passagem pelo Stamford Bridge, conquistando o título inglês. Ele chamou o ano em Londres de "experiência muito bonita", dizendo que há muitas diferenças entre a Premier League e o Campeonato Espanhol, onde afirmou se sentir mais à vontade. Por isso, garante não ter arrependimento por ter saído do Atleti em 2014.

- Justamente o contrário. Aprendi muitas coisas, joguei partidas espetaculares e muito diferentes. Ganhei a Liga e a Premier League em dois anos seguidos. Dou valor a coisas que antes não dava, e acho que posso ser melhor jogador. Foi uma experiência muito válida e estou muito orgulhoso pela temporada.

Filipe disse que encontra, hoje, o mesmo Atlético de quando rumou para a Inglaterra e que está se sentindo como "se tivesse passado dois meses de férias no Brasil". O lateral apontou, também, que José Mourinho e Diego Simeone têm grande diferença em seus métodos.

- Mou e Simeone são diferentes em quase tudo, embora dividam uma torcida louca para ganhar e vivam muito o futebol. Em todo o resto são diferentes - afirmou.

Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário