segunda-feira, 1 de junho de 2015

Em meio a suspeitas, Valcke cancela participação no Mundial Feminino

No mesmo dia em que o jornal New York Times apontou Jérôme Valcke como suspeito do envio de US$ 10 milhões ao ex-presidente da Concacaf Jack Warner, supostamente em troca de votos a favor da África do Sul como sede da Copa do Mundo de 2014, a Fifa informou que Jérôme Valcke não irá ao Mundial Feminino. 

Segundo nome da hierarquia da Fifa, atrás apenas de Joseph Blatter, o francês é figura habitual nos torneios da entidade. Sua ausência é excepcional.

Delia Fischer, porta-voz da Fifa, disse nesta segunda-feira que a mudança de programação é “devido à atual situação” no órgão. Segundo ela, “é importante que Valcke cuide das questões da entidade em Zurique”. 

Na semana passada, sete dirigentes da Fifa foram presos, acusados de participar de um esquema de propinas na instituição que comanda o futebol mundial. Um deles é o ex-presidente da CBF José Maria Marin. 

O Mundial Feminino começo no sábado, com o jogo entre o Canadá, país-sede do torneio, e a China. A ideia da Fifa é que Blatter participe da Copa Ouro, da Concacaf, que será sediada por Canadá e Estados Unidos em julho.  

Fonte:Globo Esporte

0 comentários:

Postar um comentário