domingo, 19 de abril de 2015

Black Sabbath: "Pare de se fazer de vítima", diz Ozzy Osbourne sobre exigências de Bill Ward

A briga entre Ozzy Osbourne e Bill Ward, vocalista e baterista da formação original do  Black Sabbath , continua a toda na internet. Osbourne respondeu as declarações de Ward, que exigiu um pedido de desculpas público do Príncipe das Trevas para voltar a tocar com a banda, que lançou álbum e fez turnê em 2013.



Na mensagem, postada no Facebook, Osbourne pediu para Ward "parar de se fazer de vítima" e deixar de dizer que o contrato oferecido para tocar na turnê não foi satisfatório. Confira a íntegra do post abaixo: 

"Eu não queria discutir isso em público, mas as declarações de Bill não me deixam escolha a não ser responder honestamente,

Uau, Bill,

Que diabos você está falando? Não posso me desculpar por comentários ou opiniões que posso ter feito sobre você para a imprensa durante a turnê do álbum 13 - fisicamente, você sabe que não estava em condições. Tony (Iommi), Geezer (Butler) e eu não achávamos que você poderia fazer um set de duas horas com um solo de bateria toda noite, então decidimos seguir em frente. Com a situação de Tony (que foi diagnosticado com câncer), sentimos que o tempo não estava do nosso lado.

Bill, pare com essa baboseira sobre um "contrato inassinável" e sejamos honestos. No fundo, você sabe que não seria capaz de gravar o álbum e fazer uma turnê de 16 meses. Infelizmente, nossos instintos estavam corretos, já que você foi parar no hospital várias vezes em 2013. A última foi para uma cirurgia de ombro da qual você só diz ter se recuperado agora. Se estivéssemos com você, isso significaria que a turnê seria cancelada. Então, como tudo isso é minha culpa? Pare de se fazer de vítima e seja honesto consigo mesmo e com seus fãs.

Bill, nós temos muita história juntos, pare com isso agora antes que a situação saia do controle.

Deus te abençoe.

Com amor,
Ozzy"

13 foi o primeiro álbum com Ozzy desde 1978, mas não teve a participação do baterista Bill Ward, sendo substituído por Brad Wilk, do Rage Against the Machine e do Audioslave. Ward não entrou em acordo com o restante da banda, decidindo não participar do aguardado retorno.

0 comentários:

Postar um comentário