sexta-feira, 24 de abril de 2015

Após dois anos no Marrocos, Mundial de Clubes voltará ao Japão em 2015

Tradicional sede do Mundial de Clubes desde a década de 1980, o Japão voltará a abrigar a competição neste ano. Após duas edições realizadas no Marrocos, a entidade máxima do futebol anunciou nesta quinta-feira que o país asiático será a sede dos torneios de 2015 e 2016. A edição deste ano já tem data marcada: de 10 a 20 de dezembro.

- Este é um país com histórico comprovado quando se trata de sediar eventos da Fifa, incluindo seis edições do Mundial de Clubes, que foram um sucesso total. Sabemos que será um ambiente excelente mais uma vez para esta competição anual, com grandes públicos e uma atmosfera maravilhosa. A popularidade e o perfil da competição continua a ser construída a cada ano, e certamente isso continuará com o enorme suporte mostrado pelo Japão - exaltou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.

A federação japonesa deve anunciar as cidades-sede do torneio em breve, mas já se mostrou muito animada com a chance de abrigar novamente uma competição tão importante. O presidente da entidade, Kuniya Daini, afirmou que serão eventos fundamentais na pretensão que a cidade de Tóquio tem de sediar as Olimpíadas de 2020.

O Japão foi sede de 31 edições do Mundial. As 25 primeiras - de 1980 a 2004 - ainda foram na era da Taça Intercontinental, antes da competição ser oficializada pela Fifa, que chegou a organizar um torneio no Brasil em janeiro de 2000, que teve o Corinthians como campeão - o Boca Juniors venceu a Intercontinental no fim do mesmo ano. Em 2005, a entidade assumiu de vez a gestão do torneio e manteve a Terra do Sol Nascente como sede até 2008. Os Emirados Árabes organizaram as edições de 2009 e 2010, antes do Japão voltar a abrigar a competição nos dois anos seguintes. Em 2013 e 2014, o Marrocos foi palco do torneio. 

Com exceção do Santos, na década em 1962 e 1963 (quando a Intercontinental ainda era disputada nos países de cada equipe), e do Corinthians, em 2000, todos os títulos mundiais de equipes brasileiras tiveram o Japão como palco, sendo o último deles o próprio Timão, em 2012. Internacional, em 2010, nos Emirados Árabes, e Atlético-MG, em 2013, no Marrocos, fracassaram ainda nas semifinais.

0 comentários:

Postar um comentário