segunda-feira, 23 de março de 2015

Atletas não poderão mais cercar árbitros nos jogos, determina Uefa

A Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) determinou que os jogadores não poderão mais cercar os árbitros para durante as partidas para fazer reclamações. A medida anunciada nesta segunda-feira começará a valer já nas quartas de final da Champions League.

A Uefa considera a ação de cercar os ábitros uma "atitude agressiva" (Getty Images)

Essa atitude tem se tornado cada vez mais comum no futebol mundial e a Uefa ficou preocupada com a situação. Atlético de Madri, Barcelona, Bayern de Munique, Juventus, Monaco, Paris Saint-Germain, Porto e Real Madrid serão os responsáveis por dar o exemplo aos outros clubes.

O anuncio foi feito pelo ex-juiz, Pierluigi Collina, diretor de arbitragem da entidade europeia. Não serão mais aceitas essas atitudes de reclamações incisivas após aplicações de cartões amarelos e vermelhos ou simples marcações de faltas.

“Isso é algo que não aceitamos, que não podemos aceitar, e passaremos a ser cada vez mais claros sobre isso. Temos que proteger os árbitros e respeitá-los. Entendemos que existem momentos de tensão durante os jogos, mas o respeito aos juízes é uma das bases do nosso jogo”, disse o secretário-geral da Uefa, Gianni Infantino.

Fonte:LanceNET

0 comentários:

Postar um comentário