Bem-vindo ao Futebol, Mulher e Rock n' Roll

Seja muito bem-vindo ao site, o seu site sobre as melhores paixões nacionais. Aqui você fica informado de tudo, além de termos conteudos exclusivos.

Entrevista

A nossa entrevistada é a Miss Bumbum SC, Luciane Hoepers.

Futebol

Aqui você fica sabendo de tudo sobre o futebol, nacional, internacional.

Mulher

O que nós homens seriamos sem as nossas mulheres.Bem eu não quero nem imaginar. Aqui nós a tratamos com todo cuidado que elas merecem.

Rock

Nós aqui tratamos sobre o Rock e todos os seu generos. Eu disse Rock e seus generos se você é fã de bandas coloridas caia fora agora!

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Uganga e Higher entre as atrações do Festival Rock na Estação neste sábado em São Carlos

Neste sábado, dia 1º de Agosto, acontece em São Carlos/SP a nona edição do Festival Rock na Estação. Com entrada franca, o evento é um dos mais movimentados do interior paulista e em edições anteriores já teve como atrações bandas de renome como Krisiun e Ratos de Porão.

Neste ano, 11 bandas estão escaladas para se apresentar no palco montado na Estação Cultura (antiga estação ferroviária). Os grupos foram selecionados por uma comissão julgadora através de um edital divulgado pela prefeitura do município. Apenas grupos de música autoral participaram do processo que tinha como objetivo selecionar cinco bandas da cidade de São Carlos e quatro de outras localidades. Entre as selecionadas estão Prototic-X, Aske, Mamilos em Fúria, Rocha Sólida e Ubelina 69, todas de São Carlos, além de Necrofobia, Sakrah, Uganga e Higher. A lendária banda paulistana Salário Mínimo também está escalada para participar do evento.



O Uganga trará para São Carlos o show da turnê de seu novo álbum, "Opressor". Esse é o quinto trabalho na discografia do grupo mineiro de thrashcore, sucessor de "Eurocaos Ao Vivo", gravado na Alemanha em 2010. Em resenhas já publicadas, "Opressor" tem arrancado declarações como: "Melhor trabalho não somente da banda, mas do gênero no Brasil" (Outro Indie);  "Elite do Thrashcore nacional" (Som Extremo); "Merece estar cada vez mais no topo do metal nacional" (Mondo Metal); "Bombástico" (Revista Roadie Crew); "Avassalador" (Musikkaos); "Thrashcore de altíssima qualidade" (Delfos). "Opressor" também foi eleito "Melhor Álbum Nacional de Rock de 2014" em votação realizada entre os leitores do blog Heavynroll. 
Neste show o Uganga ainda apresentará sua nova formação, agora com três guitarristas: Manu “Joker” (vocal, ex-Sarcófago), Christian Franco (guitarra), Thiago Soraggi (guitarra), Maurício "Murcego" Pergentino (guitarra), Raphael “Ras” Franco (baixo e vocal) e Marco Henriques (bateria e vocal).

Já o Higher promete mostrar, no palco do Rock na Estação, porque tem sido considerada uma das bandas mais originais da nova safra do metal nacional. O show será baseado no disco de estreia autointitulado lançado no ano passado. O álbum vem colecionando declarações calorosas na imprensa como: "Nove canções perfeitas" (Metal Samsara);  "Surpreendente" (Portal Reidjou); "Som único" (Galeria Musical); "Pesado e criativo, difícil de rotular" (A Música Continua A Mesma); "Indispensável" (Metal Revolution). O álbum também entrou para a lista de Melhores do Ano de diversos jornalistas e críticos respeitados. Na eleição realizada entre os leitores do site Heavynroll, Cezar Girardi foi considerado o segundo "Melhor Vocalista de Metal do Brasil" e Gustavo Scaranelo o terceiro "Melhor Guitarrista". 

Eliton Tomasi, empresário das duas bandas, destaca o formato de seleção das atrações do Rock na Estação.
"Selecionar atrações através de edital é a forma mais justa e honesta de se estabelecer a programação de um festival. É concorrência correta, necessária, favorecendo quem, de fato, faz o melhor trabalho e de acordo com as leis e normas estabelecidas pelo regulamento. Se todos os eventos e festivais do país fossem regidos de tal forma, teríamos, verdadeiramente, um mercado e uma cena forte, com espaço justo para todos, e não apenas os mesmos grupos de sempre ou aqueles que são mais favorecidos financeiramente e podem, dessa forma, pleitear espaços em festivais com caráter unicamente comercial."

Os shows da nona edição do Festival Rock na Estação estão programados para acontecer a partir das 14hs. Mais informações podem ser obtidas através do site oficial do evento: http://rocknaestacao.blogspot.com.br/

Barcelona aceita negociar Pedro, mas pede paciência ao Manchester United

A cada dia que passa, a saída do atacante Pedro Rodríguez do Barcelona rumo ao Manchester United toma maiores contornos de realidade. Desta vez, o jornal espanhol Marca afirma, nesta quinta-feira (30 de julho), que os dirigentes da equipe catalã já estão convencidos de que irão perder o atleta, mas pediram paciência aos ingleses.

O pedido seria pelo fato de que no próximo dia 11 de agosto, o Barça enfrenta o Sevilla na Supercopa da Europa, que coloca frente a frente os campeões da última edição da Uefa Champions League e da Europa League, e não deve contar com força máxima no setor ofensivo.



O trio titular, formado por Messi, Suárez e Neymar, teve mais tempo de férias após o término da última temporada, principalmente o argentino e o brasileiro, que estiveram com suas seleções na disputa da Copa América. Com isso, o técnico Luis Enrique teme que ainda não estejam 100% prontos para encarar uma disputa de título.

Assim, a transferência de Pedro para o Old Trafford se tornou uma questão de ‘quando’, e não mais de ‘quanto’. De acordo com as últimas especulações, os ingleses sabem que precisarão desembolsar de 30 a 32 milhões de euros para garantir os serviços do atacante, mas querem o atleta o mais rápido possível, devido ao fato de participarem dos playoffs da Champions League já no dia 08 de agosto.

Outro fato que faz com que os Red Devils queiram acelerar as negociações é a iminente saída do meia Ángel Di María para o PSG. Caso o argentino realmente mude de casa, o técnico Louis van Gaal já quer ter no elenco o substituto ideal. No caso, Pedro.

Fonte:Fox Sports

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Scars From The Last Fight: guitarrista deixa a banda

O grupo de metalcore, Scars From The Last Fight, anuncia a saída de seu guitarrista Anderson Emídio, que gravou o debut álbum da banda e também estava acompanhando o grupo em suas apresentações ao vivo.



Alegando motivos pessoais, o músico deixa a banda, conforme o comunicado escrito pelo grupo:

"É com pesar que anunciamos a saída de Anderson Emidio da Scars From the Last Fight por motivos pessoais. Gostaríamos de evidenciar que todos os anos que trabalhamos juntos foram marcantes em nossas vidas. Agradecemos pelos momentos únicos ao seu lado nosso eterno irmão. Desejamos muita felicidade em sua nova jornada.


A Scars From the Last Fight continua suas atividades normalmente e já estamos preparando algumas novidades para vocês. Aguardem!"


O Scars From The Last Fight segue em divulgação de seu primeiro álbum recém lançado, e atualmente está fazendo audições e ensaios para a sequência de sua tour.

"Nunca consegui me desprender do Atlético", diz Filipe Luís no retorno

Quando terminar sua carreira, Filipe Luís certamente verá o Chelsea apenas como um estágio passageiro em sua longa passagem pelo Atlético de Madrid. Em sua apresentação oficial como reforço do clube espanhol, o lateral da seleção brasileira revelou que nunca conseguiu deixar seu coração longe de Madri e que não hesitou ao saber da possibilidade de voltar à equipe, onde atuou entre 2010 e 2014, antes de ser comprado pelos Blues.

- Quando saí, tomei a decisão de ter uma experiência nova. Sabia que seria difícil, porque ia deixar uma família, um vestiário de amigos. E isso me custou, pois nunca conseguiu me desprender do Atlético, nunca me separei do time. Estava muito adaptado ao Vicente Calderón e tinha que começar tudo de novo - disse Filipe.



O brasileiro, porém, foi vitorioso em sua curta passagem pelo Stamford Bridge, conquistando o título inglês. Ele chamou o ano em Londres de "experiência muito bonita", dizendo que há muitas diferenças entre a Premier League e o Campeonato Espanhol, onde afirmou se sentir mais à vontade. Por isso, garante não ter arrependimento por ter saído do Atleti em 2014.

- Justamente o contrário. Aprendi muitas coisas, joguei partidas espetaculares e muito diferentes. Ganhei a Liga e a Premier League em dois anos seguidos. Dou valor a coisas que antes não dava, e acho que posso ser melhor jogador. Foi uma experiência muito válida e estou muito orgulhoso pela temporada.

Filipe disse que encontra, hoje, o mesmo Atlético de quando rumou para a Inglaterra e que está se sentindo como "se tivesse passado dois meses de férias no Brasil". O lateral apontou, também, que José Mourinho e Diego Simeone têm grande diferença em seus métodos.

- Mou e Simeone são diferentes em quase tudo, embora dividam uma torcida louca para ganhar e vivam muito o futebol. Em todo o resto são diferentes - afirmou.

Fonte:Globo Esporte

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Vaquinha faz clube inglês chegar a R$ 576,6 milhões por reforços

Na Quinta Divisão da Inglaterra, o Grimsby Town estabeleceu como meta gastar 20 milhões de libras (quase R$ 105 milhões) em reforços. O valor depositado em contratações superou o objetivo inicial. E tudo graças a uma vaquinha dos torcedores, algo que o Palmeiras tentou estimular para bancar o preço do volante Wesley, em 2012.



A vaquinha já tinha ultrapassado o valor proposto logo no primeiro dia do crowdfunding. Até fechar a conta, o clube angariou 110 milhões de libras (R$ 576,6 milhões), mais do quíntuplo da expectativa inicial.

O final feliz também deve ser muito creditado ao torcedor Lee Mullen, que ganhou numa loteria e prometeu igualar a meta inicial com apenas uma doação. A promessa empolgou novos "investidores".

Obviamente, o Grimsby retribuir. A forma encontrada será oferecer espaço publicitário a todos os doares.

Na temporada passada, o time bateu na trave e deixou escapar a chance de jogar a Quarta Divisão. Neste ano, com tanto apoio financeiro não há desculpa para não conseguir o acesso.

Fonte:LanceNET