Bem-vindo ao Futebol, Mulher e Rock n' Roll

Seja muito bem-vindo ao site, o seu site sobre as melhores paixões nacionais. Aqui você fica informado de tudo, além de termos conteudos exclusivos.

Entrevista

Nosso entrevistado é o maior comentarista/especialista sobre futebol alemão, Gerd Wenzel.

Futebol

Aqui você fica sabendo de tudo sobre o futebol, nacional, internacional.

Mulher

O que nós homens seriamos sem as nossas mulheres.Bem eu não quero nem imaginar. Aqui nós a tratamos com todo cuidado que elas merecem.

Rock

Nós aqui tratamos sobre o Rock e todos os seu generos. Eu disse Rock e seus generos se você é fã de bandas coloridas caia fora agora!

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Foo Fighters lança clipe de “Something From Nothing”

A banda Foo Fighters divulgou, nesta segunda-feira (20), o clipe da música “Something From Nothing“. A faixa é o primeiro single do vindouro disco do quinteto, “Sonic Highways”, que será lançado em novembro próximo.

“Something From Nothing” é a música que aborda Chicago. A canção fala sobre o histórico incêndio, de 1871, que acabou com quase 2/3 da cidade.


Fonte:Cifra Club

CR7 ou Messi? Platini diz que Bola de Ouro deveria ir para algum alemão

Tentando renovar o futebol através de medidas diferenciadas na presidência da Uefa, como o Fair Play Financeiro, Michel Platini não se mantém em cima do muro quando sua opinião é solicitada. O francês, por exemplo, não tem medo de remar contra a maré ao dizer que a Bola de Ouro deste ano não deve ser entregue para Cristiano Ronaldo ou Messi. Ele gostaria que a Copa do Mundo voltasse a ter papel decisivo para a escolha do melhor jogador do mundo, e o prêmio fosse para algum jogador da seleção alemã, grande campeã do torneio no Brasil.

- Eu não voto na Bola de Ouro, mas, a princípio, sempre é um jogador que fez grandes jogos na Copa pelo time que venceu. Então, deveria ser um alemão neste ano. Era assim até 2010, quando Messi ganhou, apesar de não ter feito uma grande Copa do Mundo. Então, nada é certo para esse ano - disse ao canal "Bein Sports".

Platini já havia manifestado certa resistência contra a hegemonia da dupla Ronaldo-Messi antes da entrega do prêmio no ano passado, colocando-se a favor de seu compatriota Franck Ribéry. Porém, o francês garante que não tem nada contra os dois. Pelo contrário: os considera os melhores jogadores do mundo nos últimos anos. 

- É certo é que Cristiano Ronaldo é um dos melhores jogadores do mundo, junto a Lionel Messi. Não há dúvidas quanto a isso - afirmou.

Fonte:Globo Esporte

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Ancelotti admite dependência de CR7: "Seria uma perda enorme para o Real"

Após ver Cristiano Ronaldo marcar duas vezes na goleada do Real Madrid por 5 a 0 sobre o Levante, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol, o técnico Carlo Ancelotti admitiu à imprensa local que a equipe merengue depende muito das boas atuações e dos gols de Cristiano Ronaldo. Na opinião do treinador italiano, a perda do jogador português seria irreparável para o desempenho do atual time branco.

- Se o Real Madrid perder Cristiano, o time perderia um jogador capaz de marcar em todas as partidas da temporada. Todo mundo pode ser trocado ou substituído, mas Cristiano hoje é o melhor jogador do mundo. Seria uma perda enorme para o Real Madrid se decidisse sair. Mas isso não vai acontecer porque ele vai encerrar a carreira aqui - disse Ancelotti.
O italiano comentou ainda o interesse demonstrado pelo Manchester United nas últimas janelas em contar novamente com o craque luso. De acordo com Ancelotti, o português não deixará o Santiago Bernabéu.

- Estou seguro 100% de que Cristiano não estará no Manchester United na próxima temporada. Não posso me equivocar porque ele está feliz em Madri. Além disso, o clube está encantado em contar com o melhor do mundo. 

Após comentar os números de Cristiano Ronaldo com a camisa do Real (foram 260 jogos e 272 gols), Ancelotti falou de um possível retorno ao Campeonato Inglês após o término do seu contrato com os merengues. Segundo o treinador, só existe uma possibilidade caso ele venha a deixar mesmo o Santiago Bernabéu. 

Cristiano Ronaldo comemora um de seus gols no fim de semana (Foto: AP)

- A Inglaterra me encantou. Gostava muito do ambiente e fui muito feliz no Chelsea. Gostaria de voltar um dia. Mas tudo dependerá do Real Madrid. No dia que eu deixar o Real Madrid existem duas opções: encerrar a carreira ou voltar para a Inglaterra.

Fonte:GloboEsporte

Divulgado novo clipe do Charlie Brown Jr.; vem assistir “Rock Star”

Foi divulgado, neste sábado (18), o clipe da música “Rock Star“, da extinta banda Charlie Brown Jr.. A faixa integra o disco póstumo do quinteto, “La Família 013″.



Com direção de Alexandre Abrão, filho do falecido vocalista Chorão, o clipe aborda o cotidiano do filho de um rockeiro que sai em turnê com o pai. O videoclipe tem a participação dos antigos integrantes da banda, Marcão Britto, Bruno Graveto e Thiago Castanho, além de Luciano Amaral (ex-Castelo Rá-Tim-Bum e hoje apresentador), Clara Aguilar (ex-Big Brother Brasil) e a modelo e apresentadora Fiorella Mattheis.

Dê o play e confira o resultado:




Fonte:CifraClub

sábado, 18 de outubro de 2014

Sem brasileiros, top-100 da Premier League tem Ryan Giggs na liderança

O jornal inglês “The Telegraph” elaborou uma lista com os 100 melhores jogadores da história da Premier League. A relação, que leva em conta todas as edições do Campeonato Inglês desde a temporada 1992/93, não inclui nenhum brasileiro e tem na primeira posição o galês Ryan Giggs, que marcou época com a camisa do Manchester United. Ele defendeu as cores do clube durante 24 anos e, após 13 títulos nacionais e 960 jogos, se aposentou na temporada passada.

Giggs inicia no United em 1991: com 13 títulos ingleses,
ele é o primeiro de lista (Getty Images)

- O jogador mais condecorado da era Premier League, com 13 títulos e mais de 960 jogos pelo Manchester United em todas as competições. É um digno vencedor da nossa lista. Seu sucesso e sua longevidade são insuperáveis na era moderna, com Giggs progredindo desde um ponta adolescente magro, de cabelo longo e pernas finas, para o meio-campista mais bem composto em seus últimos anos. Ele é, simplesmente, insubstituível - descreveu o jornal.

Logo após Giggs, o francês Thierry Henry, ex-Arsenal e atualmente no futebol da MLS, e o irlandês Roy Keane, ex-Nottingham Forest e Manchester United, completam o pódio da lista formulada por jornalistas do “Telegraph” (confira abaixo os 20 primeiros). A relação conta com nomes que vão desde Cristiano Ronaldo (o sexto) a David Beckham (o 21º), passando por Michael Ballack (95º), Berbatov (70º), Fernando Torres (52º) e Makelele (41º).

Se não tem um só jogador brasileiro, a relação conta com quatro jogadores sul-americanos. O mais bem posicionado é o uruguaio Luis Suárez, o 18º em razão dos 69 gols marcados com a camisa do Liverpool. Após o atacante, hoje no Barcelona, aparecem três argentinos: Agüero (35º), Zabaleta (54º) e Tevez (65º).   

1º - Ryan Giggs - Manchester United (632 jogos, 109 gols) 
2º - Thierry Henry - Arsenal (258 jogos, 175 gols) 
3º - Roy Keane - Nottingham Forest (40 jogos, 6 gols); Manchester United (326 jogos, 33 gols) 
4º - Alan Shearer - Blackburn Rovers (138 jogos, 112 gols); Newcastle United (303 jogos, 148 gols)
5º - Paul Scholes - Manchester United (499 jogos, 107 gols) 
6º - Cristiano Ronaldo - Manchester United (196 jogos, 84 gols)
7º - Patrick Vieira - Arsenal (279 jogos, 28 gols); Manchester City (28 jogos, 3 gols)
8º - Eric Cantona Leeds United (13 jogos, 6 gols); Manchester United (143 jogos, 64 gols)
9º - Dennis Bergkamp - Arsenal (315 jogos, 87 gols) 
10º - Frank Lampard - West Ham (148 jogos, 24 gols); Chelsea (429 jogos, 147 gols); Manchester City (4 jogos, 2 gols) 
11º - Steven Gerrard - Liverpool (482 jogos, 113 gols) 
12º - John Terry - Chelsea (428 jogos, 34 gols) 
13º - Peter Schmeichel - Manchester United (252 jogos); Aston Villa (29 jogos, 1 gol); Manchester City (29 jogos)
14º - Wayne Rooney - Everton (67 jogos, 15 gols); Manchester United (313 jogos, 161 gols)
15º - Didier Drogba - Chelsea (230 jogos, 100 gols)
16º - Ashley Cole - Arsenal (156 jogos, 8 gols); Chelsea (229 jogos, 7 gols) 
17º - Rio Ferdinand - West Ham (127 jogos, 2 gols); Leeds United (54 jogos, 2 gols); Manchester United (312 jogos, 7 gols); Queens Park Rangers (7 jogos, 0 gol)
18º - Luis Suárez - Liverpool (110 jogos, 69 gols) 
19º - Yaya Touré - Manchester City (140 jogos, 42 gols)
20º - Tony Adams - Arsenal (255 jogos, 12 gols)